A primeira consulta Antecedentes, exames e questões.
Quando comparecer numa primeira consulta médica, será importante levar consigo todos os exames realizados que estejam relacionados com a sua moléstia atual, tais como exames de sangue, ultra-sonografias, ressonância magnética, histeroscopia, etc.

Ajudará a confeccionar um bom histórico clínico saber detalhar a sucessão de eventos clínicos tais como quando começou a sentir dor ou perceber as menstruações com fluxo intenso, etc., além dos dados referentes aos seus antecedentes clínicos sobre outras doenças e, principalmente, sobre seus antecedentes ginecológicos e obstétricos.

É muito importante levar para discutir com o seu médico todas as notícias e informações mesmo que obtidas em publicações leigas, revistas de atualidade, programas de rádio ou televisão, na Internet ou através de comentários ouvidos de outras mulheres. A partir das informações colhidas, toda mulher por si mesma pode elaborar uma lista de perguntas para discutir com o médico, tais como:
  • Quais são, na atualidade, TODAS as opções que existem para tratar os miomas?
  • Há quanto tempo o doutor realiza este ou aquele tratamento?
  • Quantas pacientes o médico já tratou e quais foram os resultados?
  • O médico já publicou a sua experiência e resultados numa revista científica?
  • Quais são os efeitos colaterais de cada tratamento?
  • Qual é o tempo de recuperação de cada tratamento?
  • Como será a qualidade de vida depois do procedimento?
  • Como o tratamento afetará a fertilidade?
  • Como e por quem será realizado o acompanhamento após o tratamento?
  • Se o médico não pratica o tipo de tratamento de sua preferência, será que ele indicará outro médico que o faça?
É IMPORTANTE LEMBRAR QUE A DECISÃO PELO TRATAMENTO SOMENTE COMPETE À PRÓPRIA PACIENTE. UMA MULHER BEM INFORMADA É UMA MULHER CONSCIENTE E CAPAZ PARA TOMAR DECISÕES CERTAS. UMA MULHER BEM INFORMADA SERÁ A MELHOR PARCEIRA DAQUELE PROFISSIONAL QUE TERÁ A RESPONSABILIDADE DE CUIDAR DA SUA SAÚDE.